Insomniac Games: Vazamento criminoso revela detalhes confidenciais sobre futuros lançamentos

Julia Braz Antonio
2 leitura mínima

Grupo hacker lançou ataque cibernético contra a empresa, e cerca de cinco projetos tiveram informações vazadas

Nesta manhã de terça-feira (19), a Insomniac Games, um dos estúdios mais importantes e elogiados da família PlayStation, enfrentou uma situação caótica e imprevista. Surpreendentemente, mais de 1,3 milhão de arquivos do estúdio foram supostamente compartilhados, revelando cinco projetos em desenvolvimento e uma série de informações confidenciais.

De acordo com o portal VGC, aproximadamente 1,67 TB de dados acabaram expostos, revelando não apenas detalhes sobre o já anunciado Marvel’s Wolverine, incluindo cenas de gameplay e artes conceituais, mas também informações pessoais de funcionários e futuros acordos da Sony. Conforme documentos avistados pelo Insider Gaming, a gigante japonesa estaria estabelecendo uma parceria com a Marvel para a produção de três jogos da franquia X-Men, sendo Wolverine o primeiro deles. Essas informações surgiram de um slide supostamente apresentado à equipe em julho de 2023.

Em seguida, veja a suposta linha de produção da Insomniac Games:

Marvel’s Wolverine — Previsto para o ano fiscal de 2026
Venom — Esperado para o ano fiscal de 2025
Spider-Man 3 — Previsto para o ano fiscal de 2028
Novo Ratchet & Clank — Esperado para o ano fiscal de 2029
X-Men — Previsto para o ano fiscal de 2030
Nova IP em 2031 ou 2032

Vale destacar que esse pesadelo começou há uma semana, quando um grupo de hackers, denominado Rhysidia, anunciou a invasão ao estúdio e a obtenção de uma quantidade significativa de detalhes sobre a empresa. O grupo deu à Insomniac sete dias para efetuar o pagamento de US$ 2 milhões em bitcoin (mais de R$ 10 milhões), ameaçando divulgar os dados. Agora, ao fim desse prazo, todas essas informações vazaram online.

Até o momento, a Sony e a Insomniac não comentaram publicamente sobre o assunto. Portanto, considere que tudo pode estar sujeito a alterações ou não ser completamente verídico. Recomenda-se, por fim, tratar o conteúdo como um rumor.

Compartilhe este artigo
Deixe um comentário
tes